23 abril 2013

Feliz Dia Internacional do Livro!


Oi gente!! Eu vim hoje desejar um feliz dia internacional do livro pra todo mundo! E para comemorar eu vou indicar os meus 3 livros preferidos para vocês:


1° Querido John (276 páginas)
Além de ter sido o primeiro livro do Nicholas que eu li e que fez ele ser o meu escritor favorito, é o meu livro favorito. Provavelmente 99% de vocês já viram o filme. A história todo mundo já sabe. Mas vou deixar aqui a sinopse pra quem não conhece:

Quando John Tyree conhece Savannah Lynn Curtis, descobre estar pronto para recomeçar sua vida. Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exército, após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém ninguém previa o que estava para acontecer, os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.


2° As Vantagens de Ser Invisível (223 páginas)
Eu já fiz resenha desse livro e vocês podem conferir aqui. Um pouco menos que Querido John, 90% de vocês já devem ter assistido esse filme. Mas, por mais parecido que seja, não se compara nem um pouco com o livro. É excelente! Eu me identifiquei muito e me emocionei.

Reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe - a não ser pelo que ele conta nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela.

As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir “infinito” ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário.


 3° Os 13 Porquês (244 páginas)
Por último, porém não menos importante (não mesmo!), eu super recomendo o livro Os Treze Porquês. Eu nunca falei sobre ele aqui no blog, mas eu não poderia deixar de incluí-lo nos meus favoritos. Quem o deu para mim, é uma pessoa que me conhece mais do que ninguém e que disse que eu ia gostar muito. E essa pessoa não estava errada. Eu adorei.

Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, ele descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que elas foram feitas por Hannah Baker - uma colega de classe e antiga paquera-, que cometeu suicídio duas semanas atrás. Nas fitas, Hannah explica que existem treze motivos que a levaram à decisão de se matar. Clay é um desses motivos. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.



E falando em livros, eu estou lendo um livro agora e em breve vai ter resenha, não se preocupem, eu sei que já estou há um tempão sem fazer resenhas de livros, mas é que eu não estava lendo nenhum, ainda mais que as provas na minha escola parecem infinitas! Mas um dia desses minha mãe me chamou pra ir na livraria e eu comprei dois livros super legais. E não falta muito pra eu acabar de ler. Aguardem!! Beijossssss

Nenhum comentário:

Postar um comentário